Dicas Infalíveis para Juntar Dinheiro

1- Anote seus gastos

Para controlar suas financias, você precisa saber com o que gasta no dia-a-dia, certo? E como você vai fazer isso se não sabe? Por isso, separe uma folha, um caderno ou até mesmo crie uma planilha no computador e anote todos os seus gastos do dia. Caso esteja na rua, anote no celular ou guarde as notinhas do cartão. Se gastar um real em uma bala, anote! No fim do mês, você vai ver com quais coisas “desnecessárias” você gastou seu dinheiro e poderá controlar melhor depois.

 2 – Moeda também é dinheiro

Não é difícil perceber que as pessoas não dão muito valor a moeda, como se ela não fosse dinheiro — o que é um grande erro! Arrume um cofrinho e guarde todas as suas moedas. Melhor ainda, tente arrumar dois! No primeiro você coloca as cédulas e moedas com valor mais alto e, no outro, coloque moedas com valores mais baixos. Toda moeda de troco que você receber, guarde nos cofrinhos. Faça isso TODOS os dias e no final do ano você terá uma surpresa com o quanto juntou de dinheiro.

3– Leve sua refeição de casa

Para quem trabalha na rua e fica muito tempo fora de casa, comer na rua é um habito. E esse é um dos principais inimigos para quem quer guardar dinheiro! Não estamos dizendo que você deve passar fome, hein! Se você, por acaso, trabalhar perto de casa, então prefira almoçar em casa. Ou então, apenas leve sua comida de casa e esquente no trabalho. Também vale levar frutas ou biscoitos na bolsa/mochila para que você acabe não gastando na rua quando a fome chegar. Pode apostar que no fim do mês você notará uma grande diferença.

4- Não vá ao mercado com fome

Essa dica parece até brincadeira, mas é a mais pura verdade: não vá ao mercado com fome! Faça uma lista do que você necessita comprar no mercado e seja fiel a ela. Não fique rodando pelo mercado muito tempo, pois acabará fazendo compras por impulso e principalmente se estiver com fome.

5 – Compare preços

Antes de comprar qualquer coisa, pare alguns minutos e entre na internet ou vá até lojas do mesmo segmento para comparar os preços do que você deseja adquirir. Essa dica não serve só para lojas de departamento, como também para o próprio mercado. Saiba aonde vende os produtos com o melhor custo x benefício.

6 – Agrado

Antes de realizar qualquer compra, avalie se realmente há necessidade desse gasto. Vamos supor, você está passeando pelo shopping e adora uma calça jeans que custa uns R$ 100,00… Você realmente está precisando de uma calça jeans nova? Você está sem nenhuma? Há necessidade de gastar esse dinheiro com isso?  É claro que você pode se dar um agrado e gastar o dinheiro com algo que realmente ame. Mas se sua meta for juntar dinheiro, pense bastante antes de comprar!

7 – Economize ajudando o meio-ambiente

Caso você tenha um automóvel particular, já sabe o quanto gasta de combustível, certo? Nessa fase de economia, que tal trocar seu automóvel por uma bicicleta ou por um transporte público? Essa mudança fará você economizar muito! Sabemos como é difícil desapegar do carro, mas se você trabalha perto de casa ou vai para algum lugar que possa ir andando ou talvez de bicicleta, é recomendado que faça dessa forma ao invés de usar o carro. Ah, e vale lembrar que você estará economizando e ainda ajudando o nosso planeta.

8 – Aumente sua renda

Dinheiro nunca é demais, certo? Então não fique apenas dependendo do seu salário! Se você quer ganhar um pouco a mais, procure alguma forma de renda extra como, por exemplo, pegar um hobby e transformar em um trabalho de fim de semana. Vale cortar, pintar, cantar, sempre há opções.

9 – Xô Cartão!

Um passo importante para economizar é deixar de lado seu cartão de crédito por um tempo! Infelizmente, com o cartão de crédito sempre temos o falso sentimento de “ter dinheiro”, já que podemos pagar no mês seguinte. E as pessoas tendem a se enrolar com isso! Não é raro ir comprando e comprando e quando chega a fatura no próximo mês perceber que meteu o pé na jaca! Sem contar que, se você atrasar sua fatura em apenas um dia, os juros do cartão são absurdos e você pagará muito mais! Caso houver a necessidade de comprar algo um pouco mais caro, junte o dinheiro e pague à vista.

10 – Lazer

Economizar não significa que você não vai poder aproveitar e usufruir da vida. Existem muitos locais que não são pagos e garantem a dose certa de diversão. Que tal dar uma volta no parque ou talvez um piquenique com aquela pessoa especial  ou assistir alguns filmes em casa no conforto de sua cama? São coisas simples, mas que sempre tem o seu valor. Caso não seja o que você está procurando, não se restrinja a sair. Apenas diminua a frequência de saídas e seja feliz. Se você costumava sair toda sexta, sábado e domingo, por exemplo, diminua para apenas um dia no fim de semana e curta ao máximo. Use também a internet para seu próprio benefício, há muitos cupons de desconto disponíveis! Aproveite!

11- Saúde em primeiro lugar 

Sabemos que você está tentando juntar dinheiro e alguns cortes financeiros são aceitáveis. Mas vai com calma! Não é necessário cortar gastos com a saúde, por exemplo. Ter um bom plano de saúde e estar com check up em dia é fundamental, viu? Mas uma dica é: se você consome remédios, compre os genéricos que são bem mais baratos e garantem os mesmos resultados.

12- Conta de luz.

Apague as luzes dos cômodos que não estão sendo utilizados e retire da tomada os cabos e carregadores. Pode ser algo simples, mas realmente ajuda a diminuir a conta de energia elétrica. Nós usamos essa dica aqui em casa e ficamos impressionados com a diferença na conta de luz.

13 – Pratique o desapego

Em geral as pessoas realmente gostam de acumular coisas e o pior é que algumas coisas nunca foram usadas e ficam jogadas em algum canto! Se esse for o seu caso, junte tudo o que você precisa e desapegue! Anuncie na internet e tente vender para ganhar uma grana extra… para você pode não ser nada, mas outra pessoa pode estar justamente procurando esse item.

14 – Evite dívidas

Quando se tem pouco dinheiro, existe muitas chances de ficar enrolado e acabar atolado nas contas! Caso você já tenha dívidas, planeje seu orçamento para quitar essas contas o mais rápido possível. Priorize as contas com os juros mais altos e evite fazer mais dívidas. Com isso, você mantém o foco nas contas com juros mais altos evitando ter que pagar o dobro do valor por atraso.

15- Método 70-10-20

Está é uma regra muito fácil de ser colocada em prática, realmente não há mistérios. Você irá apenas dividir suas despesas em três categorias diferentes: 70% da sua renda para necessidades essenciais, 20% da sua renda para investir, 10% da sua renda para gastar com o que deseja.

Achou difícil? Logo de cara pode parecer impossível e bem assustador, mas aos poucos e com o tempo você vai se acostumando e todas essas economias serão comum no seu dia-a-dia. No final, com certeza vai ser gratificante ver que essas poucas coisas renderam um bom dinheiro.

One Reply to “Dicas Infalíveis para Juntar Dinheiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *